fbpx

Arquivo de etiquetas comportamento

PorSamuel

O elogio

“Elogio é o enaltecimento de uma qualidade ou virtude de algo ou alguém. É uma ferramenta educacional utilizada também para motivar outras pessoas, aumentar sua auto-estima ou corrigir um defeito. No âmbito empresarial, o elogio é a acção que reconhece, de modo não financeiro, formal e geralmente publicamente, desempenho e actos de destaque da pessoal e/ou grupo de trabalho”. (Wikipédia)

Há coisas nesta vida que são tão gratuitas, que não custa nada distribuir e fazem tão bem a quem são oferecidas.

Durante muito tempo do dia somos desgastados com coisas que nos aborrecem, pessoas mal dispostas, com má cara. Além disso temos de lidar com o nosso próprio cansaço, problemas , frustrações pessoais, contas para pagar… Tudo isto influencia o nosso comportamento e torna-nos, sem dar-mos conta, iguais aos restantes.

Quem não sentiu já falta de um abraço, de um reconhecimento pelo esforço, de um elogio?

Porém, o elogio não pode ser um cliché extraído da internet. O elogio tem de ser verdadeiro e colocado no momento certo aproveitando aquele instante em que a pessoa fez algo notável ou positivamente diferente, mesmo que por vezes tenha de ser feito um esforço adicional para com quem em outros momentos merece, repetidamente, exatamente o contrário.

O elogio é também uma arte de “bem dizer” relativamente a alguém que não está presente (já que é tão fácil dizer mal de quem aos nossos olhos comete todos os erros). Todos sabemos que as más notícias chegam depressa, mas o oposto, também chega às pessoas de bem, não sabemos é quando.

O efeito também reverte a favor da pessoa que pronuncia o elogio. As pessoas sentem-se mais seguras quando percebem que estás rodeado/a de pessoas que merecem a tua admiração. Pensa nisso.

Elogia as pessoas que estão contigo. Faz isso frontalmente com as pessoas que te rodeiam, cara a cara, e também nas suas costas. A cortesia é algo que podemos dedicar a aquem não conhecemos mas os que estão próximos precisam e merecem de vez em quando um elogio.

Quando estiveres com um dos nossos passageiros, com sentido de oportunidade, naturalidade e se for verdade, elogia os teus colegas.

Continuação de boas viagens.
Samuel e Susana.

PorSamuel

Tá-se bem…

Hoje fui fazer de comercial para divulgar a nossa equipa e potencial, e como não se pode fazer excessões nestes casos entrei no Hotel Palace, na rua 1º de Dezembro, entre os Restauradores e o Rossio. Muitos de nós já estramos ali, demos conta da gama de veículos ali parqueados e os porteiros todos emproados a abrir portas como nos filmes.

Conversa puxa conversa e a simpatia do Sr. Carlos, o chefe da receção, salta à vista, e dá vontade de ficar ali encostado ao balcão a tirar “nabos da púcara” e a conquistar um bom parceiro.

Às tantas, solto o desabafo de que há falta de motoristas… Logo ele responde: “Motoristas há, não há é aqueles que você quer…” Na mouche!

Mas tem mais. Ele queixou-se dos pindéricos que aparecem ali e nem se dignam de tirar os óculos de sol para falar com os clientes que vão recolher para o carro. Não vamos falar do resto, ok? Há quem por aí exija tanto e só é capaz de dar tão pouco.

Ops… eu estava com esses óculos escuros, felizmente levantei-os acima da testa quando fui presenteado com aquela cortesia suprema a abrir portas como só alguns conhecem essa arte. Quanto à popa, esqueçam, foi a cabeleireira da Susana que me deixou neste estado.

Continuação de boas viagens.
Samuel & Susana

Precisa de ajuda?